Minicontos

Arrependimento

Chegou teu dia – falou-lhe a morte.
Acordou suando e tremendo. Gritou pela enfermagem. Que expulsassem dali a bruxa.
Acreditando no alto teor dos sedativos, mesmo assim, a enfermeira enxotou a malévola.
Daí que ele segue vivendo. Ou é a máquina que vive nele?
Às vezes consegue emitir sons entendíveis – fala que se arrepende até hoje.




08/09/2010