Textos

Ler ou escrever? Ou ambos?

Jacira Fagundes
15/05/2019




Ler ou escrever? Ou ambos?

Jacira Fagundes

Palestra proferida no ENCONTRO COM O AUTOR
EMEF Vila Monte Cristo – Porto Alegre – agosto de 2010


Pensei a princípio em que assunto nortearia nossa conversa aqui hoje. Então criei o ambiente em que estaria neste dia. Uma Feira do Livro. E uma Feira do Livro de iniciativa da própria escola. Toda a comunidade escolar rodeada de livros e de atividades onde o livro é senhor absoluto.
Fui convidada a me dirigir a esta plateia e estou aqui como escritora, não como leitora. Mas não pretendo, pelo menos de início, discorrer sobre meu trabalho de escritora; vamos deixar isso para um segundo momento.
Porque estou rodeada, não de escritores, mas de prováveis leitores, quero falar a respeito de leitura, do ato de ler – ler e entender; ler e refletir; ler e interagir com o texto; ler com prazer; ler e viajar; ler e estabelecer parâmetros; ler e se emocionar e tantas outras posturas frente ao ato de ler.
Gostaria muito de convencer a cada um de vocês que me ouvem (falo isso porque tenho encontrado posicionamentos contrários face à leitura) de que a leitura não somente é essencial para a vida, como é algo que pode preencher uma multiplicidade de lacunas que ocorrem comumente em diferentes áreas de ensino.

A leitura de livros de literatura em especial, é importante, pois o cidadão para exercer plenamente sua cidadania, precisa apossar-se da linguagem literária, alfabetizar-se nela, tornar-se seu usuário competente, mesmo que nunca vá escrever um livro.

Trata-se de falácia dizer de um aluno ou de qualquer outra pessoa:
“Ela escreve muito bem e lê pouco.”

Aquele que só sabe escrever e não lê, não sabe sequer escrever.
Pensa que sabe!

Nesta tarefa que me imponho de assediá-los para a literatura, lanço algumas questões:

Ler para quê? E por que não ler?
É possível desenvolver o gosto pela leitura?
Como formar o hábito de leitura?

Sem a leitura, em circunstâncias diversas, a aprendizagem se faz tacanha, menor, com poucas referências. A obra literária, ao carregar uma intencionalidade que é sempre fundamentada em valores éticos, filosóficos e morais, favorece a formação de comportamentos tais como a atenção, o envolvimento com o texto, a crítica e o questionamento, além de situar o leitor num tempo e num espaço diversos que lhe asseguram informações importantes para a compreensão de seu próprio espaço e tempo – seu lugar no mundo e o convívio com seu mundo.
A literatura é fenômeno criativo que representa o mundo, a vida e o homem por meio da palavra. Observar e respeitar diferentes pontos de vista e os vários discursos, oportunizar a reflexão e o espírito crítico, pensar, duvidar, questionar, discordar, ampliar a percepção de tempo e espaço, ampliar o vocabulário, são, entre tantos, os grandes benefícios que advém do diálogo entre o leitor e a obra literária.

Que outro espaço que não a literatura nos permite usar de tamanha riqueza?

Qual o espaço e o papel da literatura na vida de cada um de vocês?






 

 

 

Comentários:

Envie seu comentário

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação:
Repita os caracteres "262305" no campo.