Crônicas

Plano B ou C

Berenice Güez
30/07/2021






Berenice Güez



Plano B ou C

Na data combinada, você está no compromisso de buscar alguém no aeroporto, trata-se do Salgado Filho, em Porto Alegre. A previsão de chegada do voo é às 14h13min.
Tudo certo até você ficar elaborando que pode ser que falte luz e o portão eletrônico da garagem não abra. É, não, aí vai ser no manual.
Melhor se armar de caneta e papel.
Anota – saída quinze minutos antes, mais a consulta do Google – oito quilômetros de carro daqui até lá, então acrescenta -se mais vinte minutos. Isto se o trânsito ajudar, melhor arredondar para trinta minutos. Resultando em 45 minutos de trajeto.
Então, melhor sair às 13h, com folga.
Lembro, chegando no aeroporto a primeira ação será procurar vaga para estacionar. Ah! checar se estå com o cartão de crédito, e rezar por vaga próxima da saída.
Nisto acrescenta -se 15 minutos.
Melhor sair de casa às 12h45min, por segurança.
Almoço ou não almoço em casa? No caso, teria que ser pelas 12h para dar tempo. Bom, e se for no aeroporto? Daí é necessário acrescentar a despesa do almoço e antecipar um pouquinho a saída de casa. Afinal será que em cinquenta minutos se almoça tranquilamente? Suponho que é possível, claro, não tendo fila no buffet, nem no caixa e estando aberto o restaurante.
Finalmente tudo pensado.

Se bem que tive que suspender o horário do banho, e não acrescentei fechar toda a casa, janelas e portas, desligar a TV, carregar o celular.
De súbito me pergunto. – E se o voo atrasar?
Ei, onde será que deixei a chave do carro?


Cadastre-se no portal Escrita Criativa para receber dicas de escrita, artigos e informações de concursos

 

 

Comentários:

Envie seu comentário

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação:
Repita os caracteres "285802" no campo.