artistasgauchos












Desenvolvido por:
msmidia

Reflexão

Sentidos da vida
Marta Leiria

Na penúltima conferência desta edição do Fronteiras do Pensamento, fomos provocados por Contardo Calligaris a refletir sobre os sentidos da vida. Já tinha ouvido o psicanalista italiano, criador e roteirista da série Psi do canal HBO há alguns anos, quando revelou algo intrigante: em sua família, registro normativo moral não era aceito. Daí a importância da literatura, dos relatos de vida, da opção dos protagonistas das histórias. Naquela oportunidade, disse não acreditar em normas rígidas, apriorísticas, a regrar a vida das pessoas, mas sim na opção de cada um, de acordo com o foro íntimo.

Em conferência realizada na PUC/RS, o pensador aprofundou tal visão. Mencionou o que aprendeu com seu pai acerca da biblioteca de casa. Os buracos nas estantes, revelados pelos livros ausentes, demonstravam que sempre haveria vazios a serem preenchidos. Assim também a vida. Enquanto tivermos curiosidade sobre o mundo, livros por ler, realidades outras a desvendar, o vazio nos fará companhia. Quanto a mim, sempre estranhei quem se diz “pleno”. Falou do psicoterapeuta que pretende transmitir (impor) os próprios valores. O verdadeiro tratamento consiste em fazer com que o paciente descubra o próprio caminho. Acredita em “sentidos da vida”, não em um único que sirva para todos. Cada um há de buscar que a própria vida faça sentido. Que tal?

A apresentação que antecedeu a conferência surpreendeu e emocionou a todos. O rufar dos tambores daqueles jovens do Centro Social Marista de Porto Alegre sincronizou com as batidas dos nossos corações, nos energizou e nos preparou para o que viria. Bonito demais testemunhar o trabalho do CESMAR, que atende crianças e adolescentes, a eles oportunizando inúmeras atividades lúdicas e de aprendizagem. E proporciona o resgate de histórias de vida e valores pessoais, contribuindo para que cada um dos jovens possa concretizar essa necessidade tão humana de que nos falou Calligaris: a de protagonizar e encontrar o sentido para a própria vida.

21/11/2019

Compartilhe

 

Comentários:

Envie seu comentário

Preencha os campos abaixo.

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação: Repita os caracteres "531006" no campo ao lado.
 
  

 

  Marta Leiria

Marta Leiria Leal Pacheco formou-se em Ciências Jurídicas e Sociais pela UFRGS em 1985. É Procuradora de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul, tendo ingressado no Ministério Público em 1988. Em 2011 começou a escrever artigos na intranet do MP sobre o trabalho desenvolvido na área ambiental, passando a tratar também de assuntos não jurídicos (crônicas e contos). Publicou diversas crônicas e artigos em Zero Hora, O Sul e Jornal do Comércio. Participou de duas coletâneas organizadas pelo Professor Rubem Penz: Santa Sede, crônicas de botequim Safra 2015, e A Persistência do Amor, ganhador do Prêmio AGES, livro do ano de 2017, na Categoria Crônica.

martalealpach@gmail.com


Colunas de Marta Leiria:


Os comentários são publicados no portal da forma como foram enviados em respeito
ao usuário, não responsabilizando-se o AG ou o autor pelo teor dos comentários
nem pela sua correção linguística.


Copyright © msmidia.com







Cursos em Porto Alegre

Cursos de Escrita

Cursos para escritores

Confira cursos e oficinas exclusivos feitos especialmente para escritores ou aspirantes a escritores.

Mais informações


Cursos de Escrita

Oficinas literárias

Oficinas de criação literária e escrita criativa em Porto Alegre.

Mais informações

 


Livros em destaque

O Guardião da
Chave Dourada

Airton Ortiz

Fundamentos à prática de revisão de textos

A Fantástica Jornada do Escritor no Brasil

 

compre nossos livros na