artistasgauchos









Desenvolvido por:
msmidia

Literatura

Delícia de vingança!
Celso Sisto

BALLESTEROS, Xosé. Tio Lobo. Ilustrações de Roger Olmos. Tradução de Thais Rimkus. São Paulo, Callis, 2008. 36p.

Para contrariar o modismo dos finais cor-de-rosa, esse livro existe! Para provar que uma história infantil não é cartilha pedagógica, esse livro existe! Para satisfazer aos lados “escuros” que todo ser humano tem, inclusive as crianças, esse livro existe. Afinal, melhor depurar os maus sentimentos no plano da fantasia, do que na realidade!

A menina Carmela, gulosa que só ela, depois de dormir no banheiro da escola para fugir da tarefa, e perder os bolinhos que a professora havia trazido para quando acabassem os deveres, volta pra casa chorando e sem ter experimentado um só doce. Para consolá-la, a mãe promete fritar uns “bolinhos de fazer lamber os dedos”. Mas, como não tinham frigideira, manda Carmela à casa de Tio Lobo, pedir uma emprestada. Depois de fazê-la esperar um longo tempo, Tio Lobo entrega o objeto, mas pede em troca, uma dúzia de bolinhos, um pão de milho e uma garrafa de vinho. Quando Carmela vai devolver a frigideira, não resiste à própria gula, come e bebe tudo, e para não ficar em apuros, substitui os quitutes por outras coisas, que acabam enfurecendo Tio Lobo. Ele promete comer a menina naquela mesma noite. Será?

O livro é muito bom! Nada sobra, nada falta. O texto flui como água de rio. As imagens são impactantes e instigantes. E tudo é tão modulado, que quando acaba, o leitor é capaz de achar que foi rápido demais! Melhor assim!

De fato, o conto tradicional de Chapeuzinho Vermelho, é aqui reaproveitado pelo autor, associado a algumas outras brincadeiras infantis – como aquela “Enquanto seu lobo não vem” – e a outras histórias com lobo – como a dos Três Porquinhos, por exemplo – para compor um novo enredo.
Há muito diálogo no livro, o que flexibiliza a história. Histórias muito descritivas ou narrativas, em geral acabam se esquecendo do discurso na primeira pessoa. Diálogo equilibra o livro (eu poderia dizer “corporifica o livro!).

E para fugir do final esperado, a história aproxima-se mais da versão de Charles Perrault do que do registro dos Irmãos Grimm. Esse é o grande trunfo do autor. Claro que os defensores do “politicamente correto” vão torcer o nariz. Mas a punição, seja da gula ou da mentira, acontece de modo surpreendente. E ponto!

As ilustrações de Roger Olmos são também uma grande soma no livro. Ele usa cores fortes, tinta nanquim, tinta acrílica, um traço beirando ao caricatural, texturas que lembram pátinas e uma criatividade enorme. Os cortes que faz nas cenas, os ângulos com que apresenta as situações, a exploração de ações simultâneas e o movimento que imprime aos gestos são recursos modernos da ilustração, que encantam.

O original é galego e foi publicado em 2000. Em 2003 saiu em Portugal e só em 2008 chegou ao Brasil. Pergunta latente: por que os bons livros demoram tanto para chegar ao mercado editorial brasileiro? 


03/09/2012

Compartilhe

 

Comentários:

Envie seu comentário

Preencha os campos abaixo.

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação: Repita os caracteres "181305" no campo ao lado.
 
  

 

  Celso Sisto

Celso Sisto é escritor, ilustrador, contador de histórias do grupo Morandubetá (RJ), ator, arte-educador, especialista em literatura infantil e juvenil, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Mestre em Literatura Brasileira, pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Doutor em Teoria da Literatura, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS) e crítico literário de várias colunas dedicadas à literatura infantil e juvenil, na mídia impressa e on line.

csisto@hotmail.com
www.celsosisto.com/
twitter.com/celsosisto


Colunas de Celso Sisto:


Os comentários são publicados no portal da forma como foram enviados em respeito
ao usuário, não responsabilizando-se o AG ou o autor pelo teor dos comentários
nem pela sua correção linguística.


Copyright © msmidia.com







Cursos em Porto Alegre

Cursos de Escrita

Cursos para escritores

Confira cursos e oficinas exclusivos feitos especialmente para escritores ou aspirantes a escritores.

Mais informações


Cursos de Escrita

Oficinas literárias

Oficinas de criação literária e escrita criativa em Porto Alegre.

Mais informações

 


Apoio Cultural