artistasgauchos












Desenvolvido por:
msmidia


Caravana Cultural

Em iorubá 'abayomi' significa encontro precioso. Essa tradução foi vivida e sentida na pratica na manhã desse sábado, 3 de dezembro,  em Linha Taquari Mirim, interior de Venâncio Aires - RS. Numa parceria entre a Escola Municipal Coronel Thomaz Pereira e a Cia. Cultural Afro-Cena, um projeto de resgate da cultura negra foi iniciado em agosto desse ano, onde alunos da escola iniciaram um processo de pesquisa e produção de materiais artísticos, sobre a cultura negra, maquetes, trabalhos com argila, desenhos sobre a cultura negra e africana. Projeto que culminou na 'Caravana Cultural' realizada na manhã do ultimo sábado. Onde cerca de 70 alunos da escola, junto com professores e integrantes da Afro-Cena estiveram reunidos para realizarem atividades como a mostra dos trabalhos organizados e produzidos pelos alunos, apresentação de dança e apresentação da peça 'Um Sorriso Negro'. Onde os alunos puderam compartilhar conhecimentos e sentir a emoção das estórias ali vividas.

Após as atividades na escola os alunos partiram em dois ônibus até o antigo casarão de pedra, onde viveram senhores e seus escravos. A casa fica cerca de 15 minutos de ônibus da escola. A antiga casa é dividida em varias peças, mesmo com as alterações é possível identificar uma antiga senzala onde ficavam os escravos e um espaço onde servia de armazém. Com paredes largas, construídas com madeiras grossas e pedras sobre postas. Segundo depoimento de Loiva Maria da Silva, a qual contou um pouco da historia da casa para os alunos, os senhores Roma, com cerca de 80 anos, Tio Melo 75 anos e Tia Chiquinha com cerca de 95 anos, os quais são descendentes dos escravos que viviam ali naquela casa, residem nas proximidades do antigo casarão com seus familiares. Segundo ela, ali naquelas terras existiam algumas casinhas onde residiam negros também descendentes dos escravos. E todos eram e são ligados por laços familiares.

No município de Venâncio Aires, existem varias construções de estilo alemão, da época da colonização do município, mas essa até então é a primeira construção localizada no município que permanece de pé e que tem uma ligação direta com a escravidão. Tendo sido ocupada por escravos e seus senhores. Atualmente a casa serve como moradia de Pascoal Hares e sua família. As repartições da casa servem para um belo cenário. Futuros projetos culturais poderão ser desenvolvidos no espaço em futuras parcerias entre a escola e a Afro-Cena. Ambas as partes tem esse interesse e os moradores até então tem uma sensibilidade muito forte para o resgate da historia desse patrimônio cultural existente naquele espaço.

‘Em meus arquivos já tenho centenas de fotos e já entrei em varias construções de colonização alemã. Mas entrar numa casa onde já viveram escravos, passa um filme pela mente. Me parece tão próximo, parece que alguém da nossa família viveu dentro daquele local. É simplesmente emocionante! – Sérgio Rosa – Dir. Afro-Cena

 

Mais informações sobre Cia. Afro-Cena

 

A presença de Cia. Afro-Cena no portal é um oferecimento de:

Copyright © msmidia.com







Cursos em Porto Alegre

Cursos de Escrita

Cursos para escritores

Confira cursos e oficinas exclusivos feitos especialmente para escritores ou aspirantes a escritores.

Mais informações


Cursos de Escrita

Oficinas literárias

Oficinas de criação literária e escrita criativa em Porto Alegre.

Mais informações

 


Livros em destaque

O Guardião da
Chave Dourada

Airton Ortiz

Fundamentos à prática de revisão de textos

A Fantástica Jornada do Escritor no Brasil

 

compre nossos livros na