artistasgauchos












Desenvolvido por:
msmidia


Coletânea Negras Palavras Gaúchas 2 é lançado em Porto Alegre
AGES - Associação Gaúcha de Escritores


Agora projeto será lançado em Caxias do Sul nesta quarta-feira (dia 11/4).

Projeto idealizado pela ONG Grupo Multiétnico de Empreendedores Sociais do Rio Grande do Sul chega a sua segunda edição. Passa agora a ser uma ação de estado, através de parceria firmada com a Diretoria de Direitos Humanos e Cidadania do Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Evento de apresentação pública do projeto em Porto Alegre aconteceu nesta segunda-feira (9/4) à noite, no Memorial do Rio Grande do Sul, na Praça da Alfândega. As próximas etapas regionais de lançamento do Projeto acontecem em Caxias do Sul, Pelotas, Santa Maria e Uruguaiana.

Realizado pela primeira vez em 2013, o Projeto Coletânea Negras Palavras Gaúchas tinha um propósito: lançar novos autores e promover o conhecimento e a difusão da literatura negra gaúcha. A iniciativa da ONG Grupo Multiétnico de Empreendedores Sociais do Rio Grande do Sul reuniu 23 autores. Todos se debruçaram, nos mais variados estilos literários a produzir. Escrever sobre a realidade cotidiana do ser negro. Ser negro no Rio Grande do Sul e no Brasil. O livro, organizado pelo jornalista e escritor Oscar Henrique Cardoso foi lançado em grande evento em dezembro de 2013. Um evento reuniu, no Espaço Cultural Adão Pretto, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre, 20 dos 23 novos escritores.

Todos, em torno de uma mesa oval, promoveram a maior sessão de autógrafos coletiva de autores negros já vista na história contemporânea da literatura gaúcha. "Pois saibam que este momento, momento de emoção e congraçamento da arte estará de volta", diz Oscar Cardoso. Em uma parceria com o Governo do Estado do Rio Grande do Sul: Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos: Departamento de Direitos Humanos e Cidadania: Coordenadoria de Igualdade Étnico e Racial, o Projeto Coletânea Negras Palavras Gaúchas DOIS está de volta. "Desta vez, temos um desafio. Na primeira edição do livro, colocamos 23 autores. Queremos agora colocar 25 ou um pouco mais", destaca o idealizador do projeto e secretário executivo da ONG Grupo Multiétnico de Empreendedores Sociais, jornalista e escritor Oscar Henrique Cardoso. "O Projeto Coletânea Negras Palavras Gaúchas DOIS passa agora a ser uma ação de estado. Sim, uma ação conjunta, colocada dentro do Plano Plurianual da Secretaria do Desenvolvimento Social."

Lançamentos regionais vão acontecer em Caxias do Sul, Pelotas, Santa Maria e Uruguaiana. Em Caxias do Sul, o lançamento regional acontece no dia 11 de abril, a partir das 18h, no Centro Administrativo Municipal. Os lançamentos de Pelotas e Santa Maria serão acertados em breve e o último lançamento regional será em Uruguaiana, no dia 8 de junho próximo.

A participação de novos autores no projeto será realizada através de parceria entre a coordenação do projeto com os coordenadores locais da Igualdade Racial nos municípios onde o projeto irá abranger. Podem participar do projeto autores(as), negros(as), não negros(as) que, preferencialmente, não tenham participado ou editado nenhum livro. O objetivo principal do projeto é incluir e lançar novos nomes na literatura afro gaúcha. É dar oportunidade e vez àqueles que não teriam condições para custear a publicação de um livro próprio. O projeto também é um meio e um subsídio para apoiar a promoção da Lei Federal 10.639, de 9 de janeiro de 2003, que determina o ensino da Cultura e da História Afro Brasileira nos currículos escolares. "É momento de os intelectuais darem subsídio e apoio para aplicação da lei. Livros são instrumentos para ensino, formação e informação."

A partir do lançamento oficial do projeto, uma conta de email será criada para receber os projetos. Cada autor terá o espaço físico de quatro páginas no corpo do livro, sendo uma para a identificação de seu nome, outra para a publicação de um minicurriculum resumido, em um parágrafo e outras duas páginas para a publicação de seu material. Serão aceitos poesia, conto, crônica e artigo científico. Podem participar autores a partir dos 16 anos. A idade limite é ilimitada. Dos 16 aos 96, como diz Oscar Henrique Cardoso, o idealizador do Projeto Coletânea Negras Palavras Gaúchas DOIS.

A entidade realizadora do Projeto, Grupo Multiétnico de Empreendedores Sociais, presidida pela professora Franquilina Marques Cardoso, atua há mais de uma década em favor à educação, a cidadania e ao empreendedorismo social. Segundo ela, a promoção de mais uma edição da Coletânea Negras Palavras Gaúchas, mostra o empenho que a organização não governamental faz pela produção literária. Educação é nosso compromisso e a promoção da literatura como uma atividade transversal a toda a cadeia da arte e da cultura são um caminho para incluir ainda mais a cultura negra em todos os segmentos sociais. É utilizar da palavra e da escrita para erradicar o racismo e todas as indiferenças sociais.


Contatos: Jornalista e escritor Oscar Henrique Cardoso. Fone (51) 98244-5974, email: oskarhcardoso@gmail.com.

 

Data: 10/04/2018

Fonte: Jornalista Oscar Henrique Marques Cardoso

Mais informações sobre AGES - Associação Gaúcha de Escritores

 

A presença de AGES - Associação Gaúcha de Escritores no portal é um oferecimento de:

Copyright © msmidia.com







Cursos em Porto Alegre

Cursos de Escrita

Cursos para escritores

Confira cursos e oficinas exclusivos feitos especialmente para escritores ou aspirantes a escritores.

Mais informações


Cursos de Escrita

Oficinas literárias

Oficinas de criação literária e escrita criativa em Porto Alegre.

Mais informações

 


Livros em destaque

O Guardião da
Chave Dourada

Airton Ortiz

Fundamentos à prática de revisão de textos

A Fantástica Jornada do Escritor no Brasil

 

compre nossos livros na