artistasgauchos









Desenvolvido por:
msmidia

Literatura

Festa para os sentidos
Celso Sisto


GIOIELLI, Décio. A mbira da beira do rio Zambeze.  Ilustrações de Suppa.  São Paulo, Moderna, 2007.  48 pp.

É como se a água estivesse rolando nos nossos ouvidos: uma sensação de paz, uma suavidade que vai chegando devagar, para fazer a gente flutuar. Quando damos conta, já estamos lá no alto, vendo o mundo com outros olhos!

Pois essa é a sensação provocada por este livro, que reúne música, informação, curiosidades, fotografias, histórias, de um país chamado Zimbábue. Tudo gira em torno de um instrumento musical chamado mbira.

O fio condutor do livro é o personagem Chaka, um menino xona, que não se desgruda do seu instrumento. Contando a vida cotidiana de Chaka, o livro apresenta um pedacinho da África, do país Zimbábue e de um dos grupos que vivem neste lugar. Os costumes, as crenças, a dança, a arte vão aparecendo, para dar ao leitor uma idéia das coisas de lá, principalmente através dos contos e cantos.

Zimbábue quer dizer “casa de pedra”, na língua xona. Lá se fala oficialmente o inglês, além das línguas xona, bantu e ndebele. Pra gente ter uma idéia, outras palavras xona aparecem no livro (musha, shiri, chipembere, etc), mas sempre ligadas à música produzida pela mbira, tocada por toda a família de Chaka, desde seu tataravô. E as coisas que o menino sonha, e as melodias que ele toca, e as histórias que ele ouve e conhece aparecem em um cd encartado no livro.

Apesar de Décio Gioielli ser o autor do livro, o livro foi organizado por Heloísa Pires Lima e tem a colaboração de outras pessoas: fotografias de Marie Ange, ilustrações de Suppa, vozes e cantos de Lulhli e Lucina, dentre outros. Há ainda um interessante estudo histórico sobre o instrumento mbira, inclusive no Brasil, onde é mais conhecido como marimba. Tudo de alto nível.

O que torna o livro mais legal é perceber a pesquisa que existe por trás dele. Décio é músico e estudou na África, morou por lá e sabe o que está fazendo! Quando a gente ouve o PAPAXIPÁ-PA dá vontade de dançar, cantar, voar, se misturar àquele mundo, tão forte e vibrante. E fica mesmo uma sensação de felicidade.


06/10/2011

Compartilhe

 

Comentários:

olhaaaaa
marisa, caralho da silva 11/03/2012 - 16:53
se dissesse algu de jeito ma nao
so diz merda
ru queria fazer uma porra de um trabalho e isto.............
.. e uma m
merda~º
percebeu?
vai cagar
laurita, beja 11/03/2012 - 16:52
nao presta caralho
laurita, beja 11/03/2012 - 16:50
Apreciar uma hora do conto de Celso Sisto é viajar num mundo de encantamento tanto para nós professores como para as crianças.Gostaria que fosse patrono todos os anos da escola onde trabalho pra nos deleitar nessa magia.abrç.
lidia oliveira, cachoeirinha/rs 19/10/2011 - 22:56

Envie seu comentário

Preencha os campos abaixo.

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação: Repita os caracteres "392005" no campo ao lado.
 
  

 

  Celso Sisto

Celso Sisto é escritor, ilustrador, contador de histórias do grupo Morandubetá (RJ), ator, arte-educador, especialista em literatura infantil e juvenil, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Mestre em Literatura Brasileira, pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Doutor em Teoria da Literatura, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS) e crítico literário de várias colunas dedicadas à literatura infantil e juvenil, na mídia impressa e on line.

csisto@hotmail.com
www.celsosisto.com/
twitter.com/celsosisto


Colunas de Celso Sisto:


Os comentários são publicados no portal da forma como foram enviados em respeito
ao usuário, não responsabilizando-se o AG ou o autor pelo teor dos comentários
nem pela sua correção linguística.


Copyright © msmidia.com







Cursos em Porto Alegre

Cursos de Escrita

Cursos para escritores

Confira cursos e oficinas exclusivos feitos especialmente para escritores ou aspirantes a escritores.

Mais informações


Cursos de Escrita

Oficinas literárias

Oficinas de criação literária e escrita criativa em Porto Alegre.

Mais informações

 


Apoio Cultural