artistasgauchos












Desenvolvido por:
msmidia

Teatro

Rainha do Lar, sim senhor
Melissa Osterlund


Monólogo de tema cotidiano e atemporal (assim como Dona Gorda, também da Cia. Halarde de teatro), “Rainha do Lar” estreou no Porto Verão Alegre no último final de semana do festival. Com texto também de Lisiane Berti, direção/produção de Paulo Guerra e atuação de Lúcia Bendati, a peça mostra mais um dia na vida de uma dona de casa, um dia como todos os outros não fosse por um detalhe: é o dia do seu aniversário.

Não que esse fato modifique muito a rotina dela, pois as tarefas domésticas jamais terminam – há roupas para lavar, comida para fazer, chão para limpar e, o pior: roupa para passar! A personagem, através de diálogo com o público, narra detalhes sobre o comportamento dos filhos e do marido, afirmando que quase todas as tarefas têm o cansaço compensado pela vida levada em família, a qual ama e não trocaria por emprego algum. Também reflete sobre seu papel de mãe, esposa, sexo frágil, enfim, de mulher. Conflito? Sim, há um pequeno conflito: nossa rainha do lar tem uma “rixa” com o ferro de passar roupas, travando uma espécie de “batalha” muito bem humorada com ele, quando se questiona como é possível haver pessoas que realizam tal tarefa com prazer. Apesar de ver esse lado negativo na lida com a casa, a personagem sempre retorna ao fato de que é feliz em seu dia-a-dia – sempre interagindo com o público –, deixando uma mensagem otimista da imagem de uma dona de casa.

Como o marido Orlando, temos a participação especial (em off) de Zé Vitor Castiel. Sandra Dani dá voz à vizinha Clélia e Ida Celina Weber, à amiga Mara.

Rainha do Lar é um espetáculo de interação com o público, pois, tratando-se de um monólogo, é presenciada a narração do dia-a-dia e a exteriorização dos sentimentos da dona de casa ao público, além de músicas em que a atriz canta e dança – sem, no entanto, deixar de lado os objetos de seus afazeres. Outra forma de interação é a receita do “Nhoque da Rainha”, que é entregue ao público já na entrada do teatro (acompanhada de um ímã de geladeira) e utilizada para o seu preparo em plena apresentação.

27/02/2008

Compartilhe

 

Comentários:

Envie seu comentário

Preencha os campos abaixo.

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação: Repita os caracteres "080807" no campo ao lado.
 
  

 

  Reportagens

As reportagens especiais do Artistas Gaúchos são feitas pela equipe do portal. Se você gostaria de cobertura para seu evento (lançamentos, espetáculos, festivais), envie release para o editor.

editor@artistasgauchos.com.br


Colunas de Reportagens:


Os comentários são publicados no portal da forma como foram enviados em respeito
ao usuário, não responsabilizando-se o AG ou o autor pelo teor dos comentários
nem pela sua correção linguística.


Copyright © msmidia.com







Cursos em Porto Alegre

Cursos de Escrita

Cursos para escritores

Confira cursos e oficinas exclusivos feitos especialmente para escritores ou aspirantes a escritores.

Mais informações


Cursos de Escrita

Oficinas literárias

Oficinas de criação literária e escrita criativa em Porto Alegre.

Mais informações

 


Livros em destaque

O Guardião da
Chave Dourada

Airton Ortiz

Fundamentos à prática de revisão de textos

A Fantástica Jornada do Escritor no Brasil

 

compre nossos livros na