artistasgauchos












Desenvolvido por:
msmidia


Joca Martins faz show memorável em Pelotas

A presença de um cavalo crioulo no palco e homenagens emocionantes deixaram a marca nativista no palco do Teatro Guarany na noite de sexta-feira(31), no show de lançamento do CD Pampa, do músico Joca Martins. Ao som da consagrada “Se houver Cavalo Crioulo” o cavalo Real Invido do Purunã, montado pelo ginete Freio de Ouro, Dado Azevedo, abriu o repertório de 17 músicas do show. A cada nova canção, Joca Martins exaltou em prosa e verso seu amor a terra. “Estamos felizes de estar aqui comemorando um disco em homenagem àqueles que fazem o dia-a-dia do Rio Grande do Sul”, disse Joca.

A emoção de quem habita as terras do sul é enaltecidas pelo músico que há 22 anos percorre as estradas da música nativista e atualmente é considerado um dos maiores nomes do segmento. “Um dos meus sonhos é que a música gaúcha possa ser tocada nos mais distintos lugares”, declarou. Lançando seu 12º disco, o músico vive um momento de maturidade na carreira. Entre festivais e apresentações, conquistou diversas premiações, destaque para o “Troféu Vitor Mateus Teixeira - Teixeirinha de Melhor Cantor em 2004” e dois Discos de Ouro "O Cavalo Crioulo" (feito em parceria com o poeta Rodrigo Bauer) e "Clássicos da Terra Gaúcha", ambos lançados pela gravadora USAdiscos, com o selo MegaTchê.

Para celebrar a atual fase, preparou homenagens a importantes figuras que marcaram essa trajetória. Ao cantar “Minha Querência”, homenageou a pelotense Gilda Souza Soares, autora desse clássico da música regional. Ao som de “A Dom Antônio Bonini”, lembrou do conhecido artesão, um dos maiores fabricantes de botas gaúchas. O novo disco, que já teve sua pré-estréia pelo Rio Grande do Sul em setembro, tem a produção de Luciano Maia. “Conseguimos manter uma pulsação envolvente em todo trabalho, e o resultado é um disco muito emocionante”, avalia Joca. Para ele, o maior desafio é seguir avançando, qualificando cada vez mais a música gaúcha.

O show teve a direção musical do Luciano Maia (acordeon) e Fabricio Harden (violão), Negrinho Martins (baixo) e Fabiano Bacchieri (violão e voz) e a parte técnica a cargo de Lúcio Vasconcellos. O público cantou e se emocionou em um show que ficará marcado na memória dos pelotenses. “Vivo uma fase de maturidade na carreira, de colheita, e nada mais justo do que dividir esse bom momento com um público que sempre esteve ao meu lado”, declarou.

 

Mais informações sobre Joca Martins

 

A presença de Joca Martins no portal é um oferecimento de:

Copyright © msmidia.com







Cursos em Porto Alegre

Cursos de Escrita

Cursos para escritores

Confira cursos e oficinas exclusivos feitos especialmente para escritores ou aspirantes a escritores.

Mais informações


Cursos de Escrita

Oficinas literárias

Oficinas de criação literária e escrita criativa em Porto Alegre.

Mais informações

 


Livros em destaque

O Guardião da
Chave Dourada

Airton Ortiz

Fundamentos à prática de revisão de textos

A Fantástica Jornada do Escritor no Brasil

 

compre nossos livros na